quarta-feira, 13 de março de 2013

Programa Escola da Inteligência - Metodologia de Aplicação


O Programa Escola da Inteligência (EI), objetiva fornecer ferramentas para a promoção da saúde emocional e, assim, prevenir fobias, ansiedade, depressão, transtornos psicológicos, agressividade, uso de drogas e baixa autoestima; estimular o desenvolvimento das funções mais complexas da inteligência humana: pensar antes de reagir, colocar-se no lugar do outro, gerenciar pensamentos, administrar e proteger a emoção; superar perdas e frustrações, além de buscar o desenvolvimento das relações interpessoais: ética e honestidade nas relações sociais, educação para a cultura de paz, atitudes de contribuir sem esperar contrapartida, resolução de conflitos de forma amistosa e trabalho em equipe.

No ano de 2013, o Programa Escola da Inteligência deixou de ser um Projeto Piloto, que atendia, por adesão, 11 (onze) unidades escolares, passando a ser mais um Programa na Secretaria Municipal de Educação, ampliando para mais 49 (quarenta e nove) novas escolas, com a continuidade das escolas do ano de 2012, perfazendo um total de 60 unidades escolares. O critério de escolha na ampliação foi contemplar a maioria das escolas com Ciclo I, II e III.

A Escola da Inteligência é mais uma ferramenta pedagógica, relacional e administrativa à disposição da comunidade escolar, na qual a saúde emocional estará em foco. Os materiais didáticos, destinados aos educandos e aos familiares, já foram entregues nas escolas. O material do(a) Professor(a) Aplicador(a) foi entregue na semana de formação de cada agrupamento, de 05 a 08 de março de 2013. Caso algum(a) professor(a) aplicador(a) tenha ficado sem material, deverá entrar em contato com a equipe da EPAZ.

A Política Articulada de Educação da Paz (EPAZ), está responsável pelo acompanhamento junto às Unidades Regionais de Educação, às Escolas e à Coordenação Pedagógica da EI. Entendemos que o Programa veio para ampliar e complementar os nossos conhecimentos e práticas pedagógicas, conforme as Diretrizes Educacionais aprovadas pelo Conselho Municipal de Educação e é um grande aliado na aplicação das Diretrizes Nacionais em Educação de Direitos Humanos, por promover a vida, a cidadania e a sustentabilidade acima de tudo. Esse programa é também de Prevenção ao Uso de Drogas, ao Bullying, a outros tipos de violências e à promoção da Saúde e Qualidade de Vida.

Metodologia de Aplicação do Programa Escola da Inteligência

1 - Formação, no início de cada semestre, voltada aos Apoios Pedagógicos das UREs e da EPAZ, Diretores(as),Coordenação, Professores(as) Aplicadores(as) e Conselho Escolar de cada escola contemplada
2 - A escolha do Professor(a) Aplicador(a) será de acordo com a organização interna no Ciclo I, II e III; cada escola informará à EPAZ, o nome completo, e-mail e o agrupamento correspondente de cada aplicador(a)
3 - A aula da Escola da Inteligência (EI) será ministrada uma vez na semana, no mesmo dia e horário. Cada Unidade Escolar encaminhará à EPAZ, via e-mail, o nome do(a) professor(a) aplicador(a), o dia da semana e o horário da aula da EI
4 - Curso em Educação a Distância (EAD), voltado para o Professor(a) Aplicador(a), Direção, Coordenação e Apoios Técnicos Pedagógicos; todas as pessoas receberão, por e-mail, o login de acesso ao curso
5 - Acompanhamento Pedagógico da equipe da EI, uma vez por mês em cada escola, contando ainda com palestras voltadas para família e profissionais da educação, conforme agendamento prévio
6 - Curso Presencial Mensal sobre Saúde e Qualidade de Vida, de 4 horas, para as pessoas interessadas
7 - Lançamento do Programa Escola da Inteligência e Conferência com o Dr. Augusto Cury, no início do ano.

URE BRASIL
  • EM Stephânia Alves Bispo
  • EM Professor Nadal Sfredo
  • EM Presidente Vargas
  • EM Pedro Gomes de Menezes
  • EM Odília Mendes de Brito
  • EM Moisés Santana
  • EM Maria Clara Machado
  • EM Geralda de Aquino
  • EM D. Angelina Pucci Limongi
  • Educandário Espírita Eurípedes Barsanulfo
  • EM Maria da Terra
  • EM Cel José Viana Alves
  • EM Bernardo Elis
URE CENTRAL
  • EM Senador Darcy Ribeiro
  • EM Santo Antônio
  • EM Professora Marília Carneiro Azevedo Dias
  • EM Pedro Costa de Medeiros
  • EM Madre Francisca
  • EM Laurício Pedro Rasmussem
  • EM Alice Coutinho
  • EM Pedro Ciríaco
  • EM Bárbara de Souza Morais
URE JARBAS
  • EM Renascer
  • EM Professora Nara do Carmo Rezende Amorim
  • EM Profª Deushaydes Rodrigues de Oliveira
  • EM Pedro Xavier Teixeira
  • EM Monteiro Lobato
  • EM João Vieira da Paixao
  • EM Honestino Monteiro Guimarães
  • EM Frei Nazareno Confaloni
  • EM Ernestina Lina Marra
  • EM Engº Antônio Félix da Silva
  • EM João Alves de Queiroz
  • EM Dr. Nicanor de Assis Albernaz
  • EM Buena Vista
  • EM Abrão Rassi
  • EM Engenheiro Robinho M. Azevedo
  • EM Dom Fernando Gomes dos Santos
URE BRETAS
  • EM Rui Barbosa
  • EM Professora Leonísia Naves de Almeida
  • EM Professora Cleonice Monteiro Wolney
  • EM Professor Aristoclides Teixeira
  • EM Profª Dalísia Elizabeth Martins Dolles
  • EM Nova Conquista
  • EM Marcos Antônio Dias Batista
  • EM José Carlos Pimenta
  • EM João Braz
  • EM Hebert José de Souza
  • EM Balneário Meia Ponte
  • EM Amâncio Seixo de Brito
  • EM Santa Helena
  • EM Dona Rosa Martins Perim
URE THOMÉ
  • EM Professora Amélia Fernandes Martins
  • EM Prof. Percival Xavier Rebelo
  • EM Jalles Machado de Siqueira
  • EM Jaime Câmara
  • EM Itamar Martins Ferreira
  • EM Ana das Neves de Freitas
  • EM Prof. Trajano de Sá Guimarães
  • EM Jesuina de Abreu

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário