quarta-feira, 22 de julho de 2015

A GERÊNCIA DE SAÚDE E SEGURANÇA DE TRABALHO DOS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO INFORMA QUE SE ENCONTRAM ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA O CURSO DE MEDIAÇÃO DE CONFLITO E CONVIVÊNCIA PACÍFICA.


   
        
    O CURSO ACONTECERÁ NO SEGUNDO SEMESTRE DE 2015.

INICIARÁ DIA 05 DE AGOSTO.

LOCAL: PUC - GO

HORÁRIOS: 7:30 às 11:30 hs.   13:30 às 17:30 hs.    19:00 às 22:00 hs.

As Instituições Escolares podem liberar até 02 (dois) Profissionais de Educação por período, sendo 01 (um) administrativo e 01 (um) professor.

Click no Link no Topo da sua Tela à Direita.






terça-feira, 7 de julho de 2015

IV Seminário de Educação da Paz: Estudos, Pesquisas e Vivências (INSCRIÇÃO)


IV Seminário de Educação da Paz: Estudos, Pesquisas e Vivências (INSCRIÇÃO)

Faça a sua Inscrição Aqui: http://goo.gl/forms/IBBS4iX7Lc

TEMA: Paz, Saúde e Qualidade de Vida: Possibilidades nas Políticas Públicas

DATA: 15 de Setembro de 2015 - períodos matutino (7:30 às 12:00), vespertino (13:00 às 18:00) e noturno (19:00 às 22:00)

LOCAL: Auditório da Escola de Formação de Professores e Humanidades da PUC Goiás - Rua 227, Qd 66, nº 3.669, Setor Universitário - próximo a Av. Anhanguera 

PÚBLICO ALVO: Profissionais da Educação de Goiânia (professoras e professores regentes, administrativos e administrativas, apoio técnico professor, apoio técnico professora, diretores, diretoras, coordenadores e coordenadoras pedagógicas e de turno, readaptados e readaptadas, apoio pedagógico, agente educativo e educativa; Superintendências, Diretorias, Gerências, Coordenações, Escolas, CMEIs, CEIs...); Intersetoriais da Prefeitura de Goiânia e demais Municípios, Sociedade Civil, Fóruns, Controle Social, Sindicatos, Estudantes, Familiares

PROGRAMAÇÃO
Espaço Saúde e Apresentação Cultural
Abertura Oficial do Dia Municipal de Cultura de Paz no Município de Goiânia e Semana de Educação da Paz na SME
Entrega dos Títulos de Multiplicadores e Multiplicadoras de Educação da Paz e Construtores e Construtoras de Pontes de EPAZ - 7:30 às 9:00
PAINEL I – PAZ AS PRÁTICAS QUE TRANSFORMAM - 9:00 às 10:00
Mediadora: Sônia França – Rede Permanente Pela Paz
1. Genivalda Araujo Cravo dos Santos
Doutora e Mestre em Ciências da Religião pela PUC Goiás; Gerente de Saúde e Segurança do Trabalho dos Profissionais da Educação/ EPAZ / CEMAPE/SME Gyn; Conselheira Global da URI – Região América Latina e Caribe; Mestre em Reiki Usui Karuna Tibetano; Terapeuta Reikiana, Sistêmica, Quântica; Professional Life Coaching; Mediadora de Conflitos e Professora de História
2. Rosa Maria Viana
Doutora em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (2002), Mestre em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia (1989); Coordenadora do Programa UNIVERSO da Paz e o Programa Universo pela Sustentabilidade da Vida, divulgando a Cultura de Paz proposta pela Unesco. Coordena a Rede Goiana de Pesquisa em Direitos Humanos, Cultura de Paz e Sustentabilidade. Participa das atividades de apoio a Economia Solidária e Desenvolvimento Comunitário em diferentes programas sociais voluntários. Vem atuando principalmente nos seguintes temas: Valores Humanos e Sustentabilidade, ecologia profunda, gestão ambiental, educação ambiental, abordagem transdisciplinar e temas relativos a Cultura de Paz, Direitos Humanos e Responsabilidade Global
PAINEL II – SAÚDE É O QUE QUEREMOS - 10:15 às 11:15
Mediador: Elcivan Gonçalves França – Presidente do Fórum Municipal de Educação de Goiânia e Presidente da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação/ UNCME/Goiás
1. Marta Franco
Fundadora e Presidenta do Espaço Terapêutico Renascer Saúde; Mestre em Reiki Usui, Karuna e Quântico; Renascedora ‘Rebirthing’, PRTPsico Respiração Transcendente; Life e Personal na AbraCoaching; Constelações Familiares e Organizacionais; Criadora dos cursos: Mãos Energéticas, O Ser Terapeuta, Prosperidade E Do Projeto “VIDA E Crescimento” (Dirigido a Empresas Privadas, Órgãos Públicos e Estabelecimento de Ensino)

2. Maria Divina Nery Lima
Doutoranda e Mestra em Saúde Pública, na Universidad Americana - Universidade Federal da Integração Latino – Americana; Psicóloga pela PUC Goiás; Pedagogia pela PUC Goiás. Servidora pública Municipal/Prefeitura de Goiânia/Secretaria Municipal de Saúde. Especialista com experiência nas áreas: Psicologia Clínica, Psicoterapia; Psicopedagoga, Orientação Educacional e Vocacional; Perícia Psicológica Junta Médica Municipal de Goiânia, Saúde Mental; Auditora em Serviços de Saúde; Hipnoterapia sob Medida,Hipnose Clínica, Hipnose Clássica, Regressão, Progressão. Hipnóloga e Hipnotista com ênfase em Psicologia; Empresária da Saúde, CITOVIDA Laboratório de Análises Clínica Ltda. Guardiã do Curso de Formação em Hipnose Integral no Instituto Master Self em Goiânia. Especialização em Auditoria em Serviços de Saúde pela Faculdade Faclions; Especialista em Saúde Grau III da Prefeitura Municipal de Goiânia
Espaço Saúde e Apresentação Cultural – 13:30 às 14:00
PAINEL III – QUALIDADE DE VIDA RESPONSABILIDADE EM AÇÃO - 14:00 às 15:00
Mediador: Sadmar Costa Mendes – Diretor de Saúde e Segurança do Servidor/ SEMAD Goiânia
1. Paulo Bento
Presidente do Instituto Performance; Master Coach, Executive Coach, Professional Life Coaching; Formação Internacional em Linguagem Ekicksoriana para Coaches, Master Pratictioner em PNL; Especialista em Comunicação Hipnótica, Pós Graduado em Gestão de Pessoas, Marketing, Docência no Ensino Superior; Consultor de negócios, palestrante e trainer, atuou como Executive Coaching em grandes empresas como: Coca-Cola, Ministério Público, Caixa Econômica Federal, JS Peças, Proeza, Unimed, entre outras

2. Dr Vilanir de Alencar Camapum Júnior
Promotor de Justiça, Preside a 68ª Promotoria de Saúde do Trabalhador do Ministério Público do Estado de Goiás, atua na Proteção da Saúde e Segurança no Trabalho do Servidor Público e na Defesa da Saúde do Trabalhador no SUS
PAINEL IV – MEDIAÇÃO DE CONFLITO E CONVIVÊNCIA PACÍFICA ESTRATÉGIAS DE EMPODERAMENTO - 15:15 às 16:15
Mediador: Gleice Arruda de Melo Doutoranda em Neuropsicologia, Neurociência e Educação pela Universidade de Valência e Salamanca/Espanha e Comissão de Mediação de Conflito e Convivência Pacifica da SME Gyn/ GSSTPE/ EPAZ
1. Akira Ninomiya Júnior
Presidente do Instituto Nanomyia; Mediador de Conflitos e Advogado; Especialista em Mediação de Conflitos pelo Programa de Negociação da Universidade de Harvard; Membro da Association for Conflict Resolution – Great New York (Associação para Resolução de Conflitos da Grande Nova Iorque); Autor do projeto Pacificação Social – Mediação de Conflitos como política pública estatal; Árbitro credenciado pela 8ª Corte de Arbitragem do Rio de Janeiro; Membro da Comissão de Mediação, Conciliação e Arbitragem da OAB/GO2

2. Dr Vilanir de Alencar Camapum Júnior
Promotor de Justiça, Preside a 68ª Promotoria de Saúde do Trabalhador do Ministério Público do Estado de Goiás, atua na Proteção da Saúde e Segurança no Trabalho do Servidor Público e na Defesa da Saúde do Trabalhador no SUS
PAINEL V – PREVENÇÃO É O MELHOR INVESTIMENTO – 16:30 às 17:30
Mediadora: Helizett Santos de Lima – Mestra em Psicologia da Saúde e Desenvolvimento Humano pela UNB e Gerente de Assistência a Saúde e Social dos Servidores do IMAS
1. Antônio Tavares Bueno Júnior
Doutor em Ortopedia Funcional dos Maxilares pela Florida Christian University USA; Mestre em Odontocrônicos Odontopediatria pela Florida Christian University Orlando USA; Neurociência em Odontologia; Coordenador do curso de Especialização em Gestão e Docência no Ensino Superior, FASAM, 2009/2010, Especialista em TDAH – Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade e Dificuldade de Aprendizagem

2. Luciana Allan
Doutora em Educação pela FE/USP; Mestra em Ciências da Comunicação pela ECA/USP e formação básica em Matemática pela FMU. Atua há mais de duas décadas em projetos de informática educativa, muitos voltados à formação de professores. Neste contexto, participou da elaboração dos Parâmetros Curriculares em Ação e dos PCN+ Conceitos Estruturantes, ambos para o MEC. Também foi organizadora do Guia Crescer em Rede em parceria com a Fundação Odebrecht e idealizadora da avaliação de práticas educacionais inovadoras apoiadas pelas tecnologias digitais. Participou de cursos livres e de extensão pela Escola do Futuro/USP e hoje é professora convidada do Senac SP. É diretora técnica do Instituto Crescer para a Cidadania, onde participa da concepção e implementação de projetos que visam contribuir com a melhoria da qualidade da Educação Básica no Brasil
Espaço Saúde e Atividade Cultural
Painel VI – Paz, Saúde e Qualidade de Vida: Possibilidades nas Políticas Públicas - 19:00 às 21:45
Mediadora: Genivalda Cravo – Doutora em Ciências da Religião pela PUC Goiás e Gerente de Saúde e Segurança do Trabalho dos Profissionais da Educação/ EPAZ/ CEMAPE/SME Gyn
1. Neyde Aparecida da Silva
Secretária Municipal de Educação de Goiânia

2. Domingos Pereira
Secretário Municipal de Educação de Aparecida de Goiânia

3. Pedro Wilson
Secretário Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas da Prefeitura de Goiânia

4. Maria Euzébia (Bia)
Presidenta do SINTEGO e da CUT Goiás

5. Carlos Antonio Ramos de Alencar – Presidente do Sindgoiânia, Diretor de Organização da Nova Central Sindical e Diretor Financeiro da Federação dos Servidores Públicos de Goiás/ FESSPUMG
Entrega da Avaliação e Certificado
Encerramento

REALIZAÇÃO
Prefeitura de Goiânia/ Secretaria Municipal de Educação e Esporte/ Diretoria de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas/ Diretoria de Ensino/ Gerência de Saúde e Segurança do Trabalho dos Profissionais da Educação/ EPAZ/ CEMAPE/ Gerência do Centro de Formação de Profissionais da Educação 

Diversas Parcerias e Apoios Intersetoriais


sexta-feira, 26 de junho de 2015

Curso Básico de Mediação Judicial, promovido pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos

A Gerência de Saúde e Segurança do Trabalho dos Profissionais da educação informa que membros da Comissão de Mediação de Conflito e Convivência Pacífica, Genivalda Cravo, Marlúcia Rodrigues, Clédia Maria e Márcia Maristela, foram selecionadas para o Curso Básico de Mediação Judicial, confira a notícia abaixo:

Notícias da Conciliação

Divulgada lista de convocados para Curso de Mediação em Aparecida de Goiânia

O coordenador do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos, juiz Paulo César Alves das Neves divulgou a lista de selecionados para participar do Curso Básico de Mediação Judicial na comarca de Aparecida de Goiânia, a ser realizado de 29 de junho a 3 de julho de 2015, horário das 8 às 18 horas.

O curso foi dividido em duas turmas. Os selecionados das turmas deverão contatar os respectivos Centros Judiciários de Solução de Conflitos da Comarca de Aparecida de Goiânia e confirmar presença no curso até sexta-feira (dia 26), sob pena de terem a inscrição substituída. A Turma 1 deverá confirmar presença pelo telefone 3238-5187 ou pelo e-mail: conciliacaoaparecida@tjgo.jus.br, enquanto a Turma 2 deverá confirmar presença pelo telefone 3277-9716 ou pelo e-mail:dcrrezende@tjgo.jus.br
O curso é gratuito mas cada selecionado deverá levar um brinquedo em bom estado para doação. As aulas serão 95% presenciais – o aluno poderá ter apenas duas horas de ausência durante todo o curso. O candidato que ficar sem assinar alguma das listas de presença deixará de fazer jus ao certificado respectivo.
Selecionados da Turma 1. Endereço: Auditório do Tribunal do Júri do 1º Fórum de Aparecida de Goiânia, na Rua Versalles, complemento: QD. 03, LTS. 08/14, Bairro: Residencial Maria Luiza. CEP: 74.980-970.
Anita Luzia de Souza Pinheiro da Costa Belchior
Bárbara Miqueline Peixoto de Freitas
Camila Ferreira Da Costa
Celi Cristina Soares Vieira
Daiana Mendonça Diehl
Danielly Barbosa Carvalho
Emanoel Batista Sena Silva
Fernanda Menezes Dias
Giselle Marrie Leal Adorno Ferreira da Costa
Gleiciane Faria Sales Gomes
Gleidson Pinheiro Lus
Halber Gomes da Silva
Hórtton Rafael da Conceição
Jéssica Meneses
Jéssica Menezes Carvalho Barros
Lana Carmo De Araújo
Lara Campos Azevedo
Laura Morena Nobre Caetano da Costa
Lenny Kelly Matos de Freitas
Luanna Balduino Pontes Barcellos
Lucélia Vasconcelos Menezes Costa
Marcelle Dayane Corrêa Valim
Maria de Fátima Pinto da Costa
Maria Josevalda Coelho
Pedro Paulo Rezende Quadros
Ricardo Afonso Araújo Costa
Rogério Alves Maciel
Tariana Santos Martins
Tiago Ribeiro Do Prado Santos
Vânia Assunção
Victor Gomes Pereira Santana
Victória Raissa Medrado Da Mata
Vitor Nascimento
Viviane Caetano Lima
Selecionados da Turma 2. Endereço: Auditório do Tribunal do Júri do 2º Fórum de Aparecida de Goiânia, na Avenida Atlântica esquina com a Presidente Vargas, Setor Goiânia Parque Sul.
Ana Maria Barbosa Carneiro
Andrea Regina David Araújo
Anita Teodoro Dos Reis
Auristela Heiry Bragança
Claúdia Regina Silva Luz
Cledia Maria Pereira (GSSTPE/CMCCP/SMEE Gyn)
Érica Denize de Souza Vilela
Genivalda Araujo Cravo dos Santos (GSSTPE/CMCCP/SMEE Gyn)
Gustavo De Souza Tavares
Hellen Silva Lisita 
Jorgianne Aguiar Dos Reis
Juliana Rodrigues Costa
Karla Gomes Costa
Lenny Kelly Matos De Freitas
Leoni de Ramos Caiado
Luanna Balduino Pontes Barcellos
Lucelia Vasconcelos Menezes da Costa
Luiz Carlos do Nascimento Júnior
Márcia Maristela Goiani da Silva (GSSTPE/CMCCP/SMEE Gyn)
Marcus Vinícius Batista Crosara
Mariana Braz Pires de Morais
Marina Lenza Nunes Leite
Mário Sérgio de Sousa Vilela
Marlúcia Rodrigues Coutinho (GSSTPE/CMCCP/SMEE Gyn)
Najara Lobo e Bonfim
Osvaldo Garcia Junior
Regiane Alves Gonçalves
Renata Mendonça Fraissat
Rogéria Francisca Silva
Susana Márcia Marques
Telma Piauí dos Santos
Thiago Arantes Torres
Vanessa Linhares Guimarães Lima
Zenaide da Luz

TJ de Goiás é premiado por mediação baseada na técnica de constelação familiar

Um ano e nove meses depois do II Encontro Nacional de Juízes de Família em Goiânia, quando as constelações familiares foram apresentadas e demonstradas pela primeira vez em um evento desse caráter (ver post em Constelações no Encontro de Juízes), vejo a notícia de que o Tribunal de Justiça de Goiás recebeu o primeiro lugar do V Prêmio Conciliar é Legal, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), na categoria Tribunal, com seu Projeto de Mediação Familiar com o uso das constelações familiares, obtendo índice de solução de aproximadamente 94% das demandas. Que bonito ver a expansão desse trabalho na Justiça e seus maravilhosos resultados! Parabéns ao TJ-GO pelo projeto e pelo merecido prêmio! Segue a íntegra da notícia (leia aqui a reportagem no site do CNJ):

TJGO é premiado por mediação baseada na técnica de constelação familiar

O Projeto de Mediação Familiar, desenvolvido no 3º Centro Judiciário de Soluções de Conflitos e Cidadania da comarca de Goiânia/GO, rendeu ao Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) o primeiro lugar na categoria Tribunal Estadual do V Prêmio Conciliar é Legal, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A prática consiste no exercício da mediação familiar sob perspectiva interdisciplinar e multidirecional e envolve profissionais e acadêmicos do Direito e da Psicologia. “Não é uma simples conciliação. Envolve técnicas de terapia familiar”, explica o juiz Paulo César Alves das Neves, coordenador do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do TJGO e idealizador do projeto. Alicerçada na Teoria Geral dos Sistemas, na Fenomenologia, no Psicodrama e na Constelação Familiar, a prática existe desde abril de 2013 e já atendeu 256 famílias de Goiânia e região metropolitana em conflitos que envolvem divórcio, pensão alimentícia, guarda de filhos e regulamentação de visitas. De acordo com o magistrado, o índice de solução é de aproximadamente 94% das demandas. O juiz afirma que, além de reduzir o número de ações judiciais, a prática também minimiza a possibilidade de novas divergências nos casos já tratados, permite manter os laços afetivos dessas famílias e reduzir a possibilidade de sofrimento, principalmente de crianças e adolescentes. Segundo Neves, há casos que se resolvem na primeira sessão, mas o número de atendimentos vai depender do grau de ressentimento e mágoa dos envolvidos. Em caso de divórcio, conta o magistrado, muitas vezes é impossível impedir a separação do casal, no entanto, o sucesso da prática é garantir a manutenção de laços saudáveis. “Lembro de um caso que envolvia violência doméstica. Na primeira sessão com os psicólogos, o marido se mostrou arrependido, mas a mulher, que era a vítima, não tinha mais condição de perdoar e manter a relação. Não evitamos a separação, mas conseguimos fazer com que eles mantivessem o diálogo em razão dos filhos. Além disso, os filhos também foram tratados de forma a não tomar para si as mágoas dos pais”, conta Neves. Constelação familiar – A psicóloga Rosângela Montefusco, mediadora e professora da PUC-GO, que é parceira no projeto, explica que as sessões são baseadas na técnica da teoria sistêmica, também conhecida como constelações familiares, desenvolvida pelo alemão Bert Hellinger. Ela consiste em criar “esculturas vivas” para reconstruir a árvore genealógica do constelado, a partir da qual são localizados e removidos os bloqueios do fluxo amoroso de qualquer geração ou membro da família. Segundo ela, essa técnica possibilita resultados rápidos e eficientes. “Primeiro, atendemos o casal. Depois, se preciso, chamamos os filhos e a família, às vezes, até os novos parceiros do casal desfeito”, explica Rosângela. A encarregada de vendas Micheline Kellen Campos atesta os benefícios da técnica. Em processo de separação há cerca de três meses, ela, o ex-marido e as duas filhas adolescentes já passaram por três sessões de terapia. Segundo ela, a principal questão tem sido a guarda das filhas. “Passamos pelas psicólogas tanto juntos quanto individualmente. Isso tem ajudado muito, principalmente a entender e resolver questões da guarda e da pensão alimentícia”. As famílias podem receber até quatro atendimentos. Rosângela Montefusco explica que, geralmente, as dificuldades pessoais e os problemas de relacionamento são resultados de confusões nos sistemas familiares. “Essa confusão acontece quando incorporamos o papel de outra pessoa, viva ou morta, de nossa própria família, de forma inconsciente. Durante o atendimento, trabalhamos justamente o desapego a esses papéis, o que ajuda a resolver os conflitos que isso causou”, relata. Além do impacto social, o Projeto de Mediação Familiar também auxilia a formação de estudantes de Direito e Psicologia. “Muitos dos estagiários saem de lá convictos de que querem ser mediadores”, afirma Montefusco. A prática recebeu menção honrosa no XI Prêmio Innovare (2014), concedido pelo Instituto Innovare. Menção Honrosa – Na categoria Tribunal Estadual, os tribunais de Justiça de São Paulo (TJSP) e de Pernambuco (TJPE) receberam menção honrosa. O primeiro, pela prática “Cejusc Itinerante: Marília Cidadã”, o primeiro do estado, em parceria com a Universidade de Marília, a Secretaria Municipal da Saúde da cidade, o Ministério Público Federal, o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), a Receita Federal e a Secretaria Municipal de Administração de Marília. No total, foram realizados 1.749 atendimentos por todos os envolvidos. O TJPE concorreu com a prática Jornadas de Conciliação, promovida pela sua Corregedoria-Geral da Justiça e que alcançou êxito em 70% das audiências realizadas (1.591 ao todo). Maiores índices de composição – O TJGO também venceu nas categorias Maiores Índices de Composição, que independe de inscrição prévia. De acordo com o Núcleo Permanente de Métodos Consensuais e de Solução de Conflitos do tribunal goiano, foram realizados 37,6 mil acordos durante a Semana Nacional da Conciliação, o que resultou na homologação de R$ 190 milhões em acordo. Do total de audiências realizadas, 86,77% resultaram em acertos. Somente no último dia dos atendimentos, o valor total arrecadado foi superior a R$ 122 milhões, com índice de 91,65% de acordos firmados. O Prêmio Especial de Qualidade em Conciliação, concedido aos tribunais que participaram de pesquisa de mensuração do grau de satisfação do cidadão com os conciliadores e com o próprio tribunal durante a Semana Nacional da Conciliação, também ficou com o TJGO. Lançado em 2010, alinhado à Resolução n. 125/2010 do CNJ, o Prêmio Conciliar é Legal é uma iniciativa do Comitê Gestor Nacional da Conciliação, coordenado pelo conselheiro Emmanoel Campelo, e reconhece práticas de sucesso, estimula a criatividade e dissemina a cultura dos métodos consensuais de resolução dos conflitos em todo o país. Elizângela Araújo Agência CNJ de Notícias
Fonte: https://direitosistemico.wordpress.com/2015/06/24/tj-de-goias-e-premiado-por-mediacao-baseada-na-tecnica-de-constelacao-familiar/

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Presidente da Câmara entrega Plano Municipal de Educação aprovado hoje pela Casa



Presidente da Câmara entrega Plano Municipal de Educação aprovado hoje pela Casa

Atualizado em 24/06/2015 16:23
Documento que prevê metas e estratégias para a Educação nos próximos dez anos tem previsão para ser sancionado ainda hoje

O presidente da Câmara Municipal de Goiânia, vereador Anselmo Pereira, fez a entrega oficial do Plano Municipal de Educação (PME) 2015/2025 na tarde desta quarta-feira, 24, ao chefe de gabinete do prefeito Paulo Garcia. Paulo César Fornazier recebeu o documento, que foi aprovado nesta manhã em segunda e última votação, na Câmara de vereadores.

No ato, Anselmo Pereira ressaltou que trata-se de um planejamento que está sendo feito para uma década. 'Você coloca a educação em primeiro lugar, praticamente, na atenção da administração pública. A Câmara quer parabenizar, nesse sentido, o poder Executivo, na pessoa do prefeito Paulo Garcia. E a Câmara deu a sua contrapartida, aprovando em rito sumaríssimo esse nosso plano municipal de educação'. O vereador acredita que, de agora em diante, a Capital tem um plano adequado para fazer com que a Educação na cidade seja uma grande meta da administração.

Antes de chegar ao Paço Municipal, o PME foi aprovado pelos vereadores com cinco emendas, quatro substitutivas e uma de acréscimo. Uma delas substitui os termos “gênero”, “orientação sexual” e “sexualidade”, por sexo. Outra garante a participação da família na instituição educacional. Antes de ir à Câmara, o documento foi avaliado e aprovado durante a Conferência Municipal de Educação, apresentado ao Poder Executivo, e teve parecer do Conselho Municipal de Educação.

Diante da importância do documento para melhorias na Educação de Goiânia, a Secretaria Municipal de Educação e Esporte solicitou a elaboração do Plano ao FME, órgão legítimo para assumir o trabalho, composto por diversas instituições da esfera educacional e coordenado pelo professor Elcivan França. “O PME propõe a garantia de uma educação de qualidade. Passamos por várias etapas de pesquisas, estudos e elaboração”, ressalta França.

Plano
O PME é uma determinação do Plano Nacional de Educação (PNE), aprovado pela Lei 13.005, de 25 de junho de 2014, que determina que os Estados, Distrito Federal e os municípios devem elaborar seus correspondentes planos de educação, ou adequar os planos já aprovados em lei, em consonância com as diretrizes, metas e estratégias previstas no PNE.

O processo de elaboração do Plano contou com a participação efetiva de representantes da SME, do Conselho Municipal de Educação, do Fórum Goiano de Educação de Jovens e Adultos, do Fórum Goiano de Educação Infantil, do Conselho de Diretores da Rede Municipal de Educação (Condir), do Senai, do Instituto Federal de Goiás (IFG), do Sintego, do Sinpro, do Sindigoiânia, da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás, da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), da Universidade Federal de Goiás (UFG) e outros órgãos relacionados a educação.

Dentre o total de 20 metas, algumas estão relacionadas aos seguintes temas: universalizar, até 2016, a educação infantil para crianças de 4 a 5 anos de idade e ampliar a oferta de vagas para atender crianças de 3 anos até o final da vigência do Plano; universalizar o ensino fundamental de 9 anos para toda a população de 6 a 14 anos; alfabetizar todas as crianças no máximo até o terceiro ano do ensino fundamental; manter a política de valorização dos profissionais da Educação; entre outros.

Por Daniela Rezende e Lívia Máximo, da editoria de Educação e Esporte - Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) Fonte: http://www4.goiania.go.gov.br/portal/pagina/?pagina=noticias&s=1&tt=not&cd=7111&fn=true